SEESVIG-MS e Sindicato dos Bancários interditam duas agências do Santander que abriram sem vigilantes

Nesta sexta-feira, dia 10, o SEESVIG-MS, presidido por Celso Adriano Gomes da Gomes, apoiado pelo Sindicato dos Bancários de Campo Grande interditou duas agências do Santander em Campo Grande. As agências da rua Marechal Cândido Mariano Rondon e da avenida Afonso Pena permanecerão fechadas, durante todo o dia, por operarem sem a presença de vigilantes, o que compromete a segurança e a vida dos trabalhadores e clientes.

Segundo o sindicato, com casos positivos para Covid-19, todos os trabalhadores das duas agências, inclusive os terceirizados, estão em isolamento domiciliar, mas a Superintendência Regional do Santander decidiu reabrir as unidades na quinta-feira (dia 09), com bancários de outras localidades, mas sem a presença de segurança.

Segundo Celso Adriano, a Lei nº 7.102/1983 exige que um vigilante armado permaneça durante todo o expediente de uma instituição financeira. Por isso, todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas, como acionando o órgão fiscalizador, que é a Polícia Federal, e também será encaminhada uma denúncia para o Ministério Público. 

“Manteremos as agências fechadas até que o banco se posicione e mande vigilantes para protegê-las. Essa atitude do banco contraria as normas de segurança e coloca em risco a vida dos trabalhadores”, afirma Celso Adriano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *